Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/798
Title: Aquisição dos grupos consonânticos por crianças com 5 anos de idade que frequentam o ensino pré-escolar no concelho de Oeiras
Authors: Diogo, Ana Margarida da Silva
Keywords: Terapia da fala
Aquisição
Linguagem
Fonologia
Grupos consonânticos
Estratégias de reconstrução
Issue Date: 2011
Citation: Diogo, Ana Margarida da Silva (2011). Aquisição dos grupos consonânticos por crianças com 5 anos de idade que frequentam o ensino pré-escolar no concelho de Oeiras. Barcarena : Universidade Atlântica
Abstract: Os grupos consonânticos designam uma sequência de duas consoantes no início de sílaba e apresentam complexidade a nível silábico. Esta estrutura silábica é por isso de aquisição tardia, sendo que as crianças recorrem ao uso de estratégias de reconstrução, simplificando a própria estrutura, quando ainda não a conseguem produzir em conformidade com a língua-alvo. Este trabalho tem como objectivos verificar se os grupos consonânticos se encontram adquiridos e estáveis aos cinco anos de idade e identificar as estratégias de reconstrução no desenvolvimento dos mesmos. Participaram neste estudo 23 crianças de ambos os géneros, com idades compreendidas entre os cinco anos e zero meses e os cinco anos e doze meses, de sete estabelecimentos de ensino de carácter privado do concelho de Oeiras. Os instrumentos utilizados para a recolha dos dados foram um Questionário Sócio-Demográfico, construído com a finalidade de caracterizar a amostra e um Teste de Avaliação dos Grupos Consonânticos do Português Europeu, construído de forma a avaliar a produção dos grupos consonânticos dessa mesma amostra. Os resultados encontrados no estudo demonstram que os grupos consonânticos [p], [b], [t], [g], [d], [f], [v], [pl], [bl], [tl], [kl], [gl] e [fl] encontram-se adquiridos aos cinco anos de idade, uma vez que apresentam resultados acima dos 75% de respostas correctas. O mesmo já não acontece com o grupo consonântico [k] que não se encontra adquirido nessa idade. Os resultados revelam ainda que as estratégias de reconstrução mais frequentes foram a omissão da segunda consoante e a metátese. Os resultados obtidos no presente estudo contrariam resultados de estudos anteriores que prevêem que os grupos consonânticos encontram-se dominados e estabilizados aos cinco anos de idade. No entanto, confirma os resultados dos estudos que evidenciam uma aquisição tardia do grupo consonântico [k]. As hipóteses encontradas para a percentagem reduzida de alguns dos grupos consonânticos foram o input linguístico da criança, a posição que o grupo consonântico ocupa na palavra, o tamanho e o acento lexical das palavras.
URI: http://hdl.handle.net/10884/798
Appears in Collections:CS/TF - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia.pdf645.81 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.