Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/1090
Title: A gestão de projecto como mais-valia nas organizações em Portugal
Authors: Silva, Nuno Filipe Fernandes
Keywords: Gestor de projecto
Gestão de projectos
Certificações
PMO
Metodologias
Melhores práticas
Issue Date: 2016
Citation: Silva, Nuno Filipe Fernandes da (2016). A gestão de projecto como mais-valia nas organizações em Portugal. Barcarena: Universidade Atlântica
Abstract: A Gestão de Projeto (GP) tem vindo a assumir um papel importante nas organizações, pois o aumento da competitividade, acrescido de clientes cada vez mais exigentes e do avanço da tecnologia, criou um cenário onde é fundamental uma gestão eficaz dos projetos, cujos prazos são cada vez menores e os recursos cada vez mais escassos. A rapidez com que as mudanças acontecem no ambiente empresarial tem conduzido um número cada vez maior de organizações a adotarem as metodologias de GP. Como tal, cada vez mais as organizações desenvolvem as suas estruturas orientadas a projetos com o intuito de melhorar o sucesso dos mesmos, implementando departamentos de GP, também denominados por PMO (Project Management Office) que realizam essa gestão de modo coordenado e centralizado. No âmbito de aprofundar o uso das práticas de GP numa organização, procede-se na presente dissertação à revisão bibliográfica sobre o tema, analisando: metodologias, certificações, benefícios e a sua inserção nas estruturas organizacionais, com base no depoimento de especialistas e profissionais de diferentes setores de atividade. Em concreto este trabalho, teve como principais objetivos os seguintes: 1. Identificar quais as principais metodologias e institutos promotores das práticas da Gestão de Projeto a nível internacional. 2. Perceber quais as metodologias atualmente praticadas em Portugal e quais as tendências na Gestão de Projeto. 3. Identificar quais as ferramentas utilizadas e as certificações existentes nesta área, bem como a abordagem e importância da Gestão de Portefólios de Projetos e os PMO (Project Management Office). 4. Determinar se as práticas adotadas pelas organizações, de diversos setores, são ou não uma mais-valia para as mesmas. Foi realizado um estudo descritivo, explicativo e exploratório tendo a metodologia adotada utilizado a informação recolhida junto das fontes primárias através de entrevistas abertas a especialistas na área, que permitiu elaborar um questionário a ser aplicado a profissionais. Numa segunda fase, a entrevista com os Gestores de Projeto, de diversos setores empresariais do nosso país, permitiu perceber a importância do seu papel e das práticas adotadas, no interior da sua organização. Os resultados parecem indicar que as organizações em Portugal adotam as melhores práticas de GP, embora umas mais do que outras e de formas distintas, acabam por introduzir nas suas estruturas departamentos de projeto (PMO), têm recursos denominados como Gestores de Projeto (alguns com formação e até mesmo certificação nesta área) e adotam metodologias e técnicas reconhecidas internacionalmente, que visam uma gestão eficaz dos seus projetos, sejam eles internos à organização ou para os seus clientes. Mesmo sem poder ser conclusivo e por isso mesmo se trata de um estudo exploratório, é possível afirmar que as práticas adotadas, de um modo geral, são uma mais-valia na organização. Este facto é reconhecido por todos os intervenientes, muito embora, cada um tenha um entendimento diferente da forma como mede o sucesso e do que considera ser um benefício para a organização. Com este estudo foi também possível observar, que nos últimos anos, houve uma evolução muito grande no nosso país em termos de profissionalização da GP. As organizações passaram a ter uma preocupação com esta vertente e agora, que já aparece solidificada no dia a dia, preparam-se para caminhar no sentido de colocar a GP em prol da rentabilidade do negócio, não só utilizando o conhecimento nesta área para gerir um projeto, mas sim, para gerir a própria organização, ajudando os gestores de topo na tomada de decisão e na estratégia da própria organização, contribuindo cada vez mais para a rentabilidade do negócio.
URI: http://hdl.handle.net/10884/1090
Appears in Collections:CE/GEST - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Trabalho Dissertação_v1.1.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.