Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/914
Title: Opinião dos enfermeiros sobre o exercício de funções no serviço de urgência
Authors: Pereira, Bárbara Mateus
Keywords: Enfermagem de urgência
Serviço de urgência
Exercício de funções
Enfermeiro
Issue Date: 2012
Citation: Pereira, Bárbara Mateus (2012). Opinião dos enfermeiros sobre o exercício de funções no serviço de urgência. Barcarena : Universidade Atlântica
Abstract: Esta monografia tem como tema a Enfermagem de Urgência, mais especificamente qual a opinião dos enfermeiros que trabalham nesta área sobre o exercício de funções num serviço de urgência. Este estudo pode interessar a outros alunos de enfermagem e até mesmo enfermeiros que gostariam de trabalhar num serviço de urgência, bem como aos enfermeiros de urgência que gostariam de ver a sua opinião colocada de uma forma organizada e objectiva. O presente estudo visa contribuir para uma melhor compreensão da opinião dos enfermeiros sobre o seu exercício de funções num serviço de urgência, explicitando aspectos facilitadores e principais dificuldades. Desta forma, pretendo obter resposta à seguinte questão de investigação: Qual a opinião dos enfermeiros sobre o exercício de funções no serviço de urgência? Optei por uma abordagem qualitativa, e o estudo é do tipo exploratório descritivo. A amostra é constituída por 10 enfermeiros que exercem funções no serviço de urgência e foi seleccionada segundo uma amostragem do tipo não probabilística acidental. Os dados foram colhidos através de uma entrevista semi-estruturada audiogravada. Os resultados doram obtidos através do método de análise de conteúdo segundo Bardin. Como principais conclusões deste estudo, são de referir as seguintes: - Existe uma grande satisfação profissional no SU; - Exercer funções no SU pressupõe uma série de capacidades e competências por parte dos enfermeiros; - O SU é um desafio constante, principalmente pela imprevisibilidade das situações; - Grande parte dos enfermeiros tem preferência ou sente-se mais à vontade em certos sectores do SU; - A dinâmica entre a equipa de enfermagem é o maior facilitador do trabalho do enfermeiro no SU; - Os utentes e suas famílias tanto facilitam como dificultam o trabalho dos enfermeiros no SU; - A relação multidisciplinar, os ratios e as instalações são os aspectos que mais dificultam o trabalho do enfermeiro no SU.
URI: http://hdl.handle.net/10884/914
Appears in Collections:CS/ENF - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TeseFinalBárbaraPereira200891909.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.