Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/885
Title: Relação entre os Níveis de Actividade Física e a Prevalência de Lombalgias em Adolescentes do Sexo Feminino
Authors: Nunes, Nuno Miguel Alves
Keywords: Prevalência
Lombalgia
Ginástica ritmica
Adolescentes
Sexo feminino
Actividade física
Issue Date: 2012
Citation: Nunes, Nuno Miguel Alves (2012). Relação entre os Níveis de Actividade Física e a Prevalência de Lombalgias em Adolescentes do Sexo Feminino. Barcarena : Universidade Atlântica
Abstract: Problema: Embora existam alguns estudos realizados sobre lombalgia no desporto, não subsiste ainda uma conclusão sobre a influência dos níveis de actividades física e a relação destes com a prevalência de lombalgias em adolescentes. Deste modo, torna-se pertinente investigar a prevalência de lombalgia, sendo o objectivo deste estudo determinar essa prevalência em grupos de adolescentes com níveis diferenciados de actividade física. Objectivos do estudo: Este projeto tem como objetivo geral determinar se os níveis de actividade física têm influência na prevalência de lombalgias em adolescentes. Como objectivos específicos o estudo tenta verificar se existe alguma relação entre os sintomas da lombalgia (duração/número de episódios por semana) e o desporto envolvido/sedentarismo. Metodologia: Para a realização deste estudo será usado um desenho investigacional observacional e transversal, onde serão aplicados três questionários, sendo um validado antecipadamente. Neste estudo a recolha de dados será feita de através de dois questionários de caracterização da amostra, um referente às adolescentes com baixos índices de actividade física e outro alusivo às atletas de ginástica rítmica. Os questionários de caracterização da amostra terão em anexo o Questionário Internacional de Actividade Física (IPAQ) e Questionário de Incapacidade de Roland Morris. Estes serão entregues às adolescentes durante o próximo ano de 2013. Conclusão: Tendo em conta os objectivos do estudo, pensa-se que deverão desenvolver-se mais estudo relacionando os índices de actividade física e a prevalência de lombalgia, em adolescentes. Assim, espera-se, a, que as conclusões dos mesmos sejam consensuais para no futuro os benefícios da Fisioterapia favoreçam os jovens atletas, tentando reabilitar ou atrasar possíveis lombalgias.
URI: http://hdl.handle.net/10884/885
Appears in Collections:CS/FISIO - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nuno Miguel Alves Nunes.pdf864.68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.