Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/840
Title: Sentimentos da pessoa submetida a ostomia intestinal: Uma visão holística
Authors: Couto, Patrícia Gonçalves
Medeiros, Sandra Soares
Keywords: Pessoas
Sentimentos
Ostomia intestinal
Alta hospitalar
Issue Date: 2013
Citation: Couto, Patricia Gonçalves; Medeiros, Sandra Soares (2013). Sentimentos da pessoa submetida a ostomia intestinal: Uma visão holística. Barcarena: Universidade Atlântica
Abstract: A ostomia intestinal consiste numa abertura cirúrgica realizada no abdómen, com o intuito de exteriorizar o conteúdo fecal, que pode desempenhar um efeito paliativo ou curativo. O cancro coloretal e a doença de Crohn são alguns fatores de risco para a realização de uma ostomia. A pessoa submetida a uma ostomia intestinal depara-se com a alteração da sua imagem corporal e de uma função fisiológica importante, vivencia sentimentos e emoções pelas diversas dificuldades enfrentadas que repercute no dia-a-dia. O objetivo geral deste estudo consiste em conhecer os sentimentos da pessoa com ostomia intestinal no momento da alta hospitalar face à presença do estoma. Os objetivos específicos são: Identificar e analisar os sentimentos da pessoa com ostomia intestinal no momento da alta hospitalar, face à presença do estoma. Ao atingir os objetivos, pretendemos contribuir para uma melhor prestação dos cuidados de enfermagem com possibilidade de uma reabilitação precoce favorável ao regresso à vida quotidiana. Trata-se de um estudo descritivo simples numa abordagem qualitativa, no contexto da Consulta de Enfermagem da Unidade de Patologia Coloretal do Hospital de Santo António dos Capuchos, Lisboa. A amostra foi constituída por oito pessoas submetidas a ostomia intestinal. Os dados foram recolhidos após a realização de entrevistas semi-estruturadas, audio-gravadas e transcritas, sendo respeitados os princípios éticos e analisados através do método de Análise de Conteúdo de Bardin. Os critérios de inclusão foram: Pessoas com idade entre 35 e 65 anos e terem sido submetidas a ostomia intestinal há pelo menos quatro meses. Com a realização deste estudo constatámos que os sentimentos experienciados variam de acordo com diferentes momentos associados à realização de uma ostomia intestinal. O sentimento identificado antes da cirurgia foi a angústia. Durante o período de internamento surgiu o desespero e o medo de se sentir incapacitado. No momento da alta foram revelados o medo do futuro e o medo da rejeição. Após a alta hospitalar identificou-se o medo da exposição, a tristeza, o constrangimento e a esperança. A par destes sentimentos identificou-se ainda a negação, a depressão, a revolta, a negociação e a aceitação enquanto reações emocionais. Foram também identificadas algumas estratégias de coping utilizadas, assim como alterações decorrentes na imagem corporal e relações sociais.
URI: http://hdl.handle.net/10884/840
Appears in Collections:CS/ENF - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MonoSandraPatríciaFinal (2).pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.