Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/795
Title: Comparação entre os tipos de erros realizados pela pessoa com Doença de Alzheimer Provável em tarefas de nomeação e discurso provocado nos diferentes estadios da doença
Authors: Cardoso, Susana Antunes
Keywords: Doença de Alzheimer provável
Terapia da Fala
Linguagem
Nomeação
Discurso provocado
Tipos de respostas
Issue Date: 2010
Citation: Cardoso, Susana Antunes (2010). Comparação entre os tipos de erros realizados pela pessoa com Doença de Alzheimer Provável em tarefas de nomeação e discurso provocado nos diferentes estadios da doença. Barcarena : Universidade Atlântica
Abstract: A linguagem pode ser afectada em cada fase da Doença de Alzheimer Provável (DAP), provocando dificuldades na compreensão e expressão. Esta característica, simultaneamente com problemas de memória, pode ser um indicador precoce da doença. Objectivos: Caracterizar os tipos de erros realizados pela pessoa com DAP nos vários estadios da doença em tarefas de nomeação e de discurso provocado; comparar os tipos de erros realizados na tarefa de nomeação pela pessoa com DAP nos diferentes estadios da doença; comparar os tipos de erros realizados na tarefa de discurso provocado pela pessoa com DAP nos diferentes estadios da doença; comparar os tipos de erros realizados pelas pessoas com DAP em tarefas de nomeação e de discurso provocado nos diferentes estadios da doença. Método: Foi realizada uma análise descritiva e comparativa através da avaliação da nomeação e do discurso provocado a 16 pessoas com DAP, dos quais 3 apresentam DAP de grau leve, 7 DAP de grau moderado e 6 DAP de grau grave, com o Teste de Nomeação de Armstrong e com uma Checklist elaborada para a imagem Goodglass do Teste Boston. Resultados: O erro mais realizado na tarefa de nomeação foi a parafasia semântica. Já no discurso provocado, o erro mais frequente foi o circunlóquio. Na nomeação houve diferenças significativas entre estadios ao nível da nomeação espontânea, das respostas com ajuda semântica e das parafasias verbais, já no discurso provocado não houve diferenças significativas. Na nomeação realizaram-se mais erros do que no discurso provocado. No Estadio Ligeiro e no Estadio Grave não houve diferenças significativas de erros nas duas tarefas enquanto no Estadio Moderado houve. Discussão e Conclusão: Com o agravamento da doença há maior comprometimento da expressão oral devido à deteriorização da memória semântica. Na tarefa de nomeação as pessoas realizaram mais erros do que na tarefa de discurso provocado.
URI: http://hdl.handle.net/10884/795
Appears in Collections:CS/TF - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Susana Cardoso.pdf322.56 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.