Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/570
Title: Os Efeitos da Fisioterapia em Meio Aquático nas Grávidas
Authors: Freire, Raquel
Bárcia, Sónia
Keywords: Fisioterapia no Meio Aquático
Saúde da Mulher
Gravidez
Benefícios
Issue Date: 30-Mar-2012
Abstract: Ao longo da gravidez o corpo da mulher sofre inúmeras alterações e modificações necessárias para o desenvolvimento e crescimento fetal. Estas podem causar alguns desconfortos à mulher, por isso, muitas recorrem à fisioterapia em meio aquático para minimizarem os desconfortos que sentem. Sabe-se que a prática de fisioterapia em meio aquático de forma regular e com uma intensidade moderada durante a gravidez apresenta efeitos benéficos tanto para a grávida como para o feto, apesar do papel do fisioterapeuta nesta área ser recente e de existiram poucos estudos. Neste estudo foram abordadas as principais alterações nos sistemas corporais durante a gravidez e o papel do fisioterapeuta na saúde da mulher, tendo este último aspecto sido dirigido para a vertente da fisioterapia em meio aquático na gravidez. Problema de Estudo: Verificar se as grávidas que praticavam fisioterapia no meio aquático identificavam os efeitos que esta modalidade terapêutica lhes proporcionava. Objectivos do Estudo: O objectivo principal era compreender o que motivava as grávidas a praticarem fisioterapia no meio aquático e identificar os efeitos que esta vertente da fisioterapia lhes proporcionava. Como objectivos específicos o estudo tentou perceber se os sintomas identificados poderiam estar relacionados com factores pessoais como a idade, o tempo da gravidez, o IMC anterior à gravidez, o IMC actual e o tipo de profissão da grávida. Metodologia: Para a concretização do estudo optou-se por uma abordagem quantitativa não experimental através de um levantamento de dados (survey study) por questionário. Os dados foram recolhidos entre os meses de Fevereiro e Maio do corrente ano e as 21 grávidas que participaram no estudo assinaram a declaração de consentimento informado. Resultados: Os sintomas identificados no estudo demonstraram melhorias com a prática de fisioterapia no meio aquático. Constatou-se que os motivos pelos quais as grávidas praticavam esta modalidade terapêutica foram diversos, tendo sido os factores psicológicos a obterem maiores percentagens na categoria do “bastante importante”. Verificou-se uma relação entre a idade e a presença de edemas nos membros inferiores e entre o IMC antes da gravidez e as dores na coluna cervical. Discussão: Na amostra em estudo todas os sintomas avaliados demonstraram ter melhorado com a fisioterapia no meio aquático e os factores motivacionais foram identificados pela amostra com sucesso. Não ficaram claros os motivos pelos quais se encontraram as relações entre a idade e os edemas nos membros inferiores e o IMC antes da gravidez e as dores na coluna cervical. Conclusão: Nesta amostra os efeitos da fisioterapia em meio aquático foram devidamente identificados pelas grávidas. As sessões ajudaram a controlar os diferentes sintomas e ainda podem actuar como forma de prevenção primária para inúmeras doenças relacionadas com a gravidez. Contudo, são necessários mais estudos nesta área.
URI: http://hdl.handle.net/10884/570
Appears in Collections:CS/FISIO - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Os Efeitos da Fisioterapia em Meio Aquático nas Grávidas.pdf2.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.