Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/393
Title: Violência na Sociedade
Authors: Lourenço, Nelson
Keywords: Violência
Sociedade
Issue Date: 1991
Publisher: Contexto
Citation: Lourenço, N. (org.) (1991). Violência na Sociedade. Lisboa: Contexto
Abstract: A violência está no horizonte da vida social. Embora esta afirmação possa parecer excessiva, ela pretende referenciar a natureza social da violência. Retém-se, assim, um aspecto hoje consensual na literatura científica sobre a violência: os comportamentos violentos e agressivos são o resultado de um processo de construção, no qual intervêm mecanismos psicológicos e sociais que regulam a sua aprendizagem. Considerado ao nível individual ou interindividual, o acto violento é sempre uma transgressão do sistema normativo em vigor numa determinada sociedade. A complexidade da análise da violência - ou, de um modo mais preciso, dos comportamentos violentos - resulta, pois, do seu carácter social. A percepção do acto violento não é universal no quadro alargado da sociedade. Nem todos os indivíduos, nem todos os grupos, nem todos os estratos sociais, representam um mesmo comportamento do mesmo modo, percepcionando-o com a mesma carga valorativa, isto é, um mesmo acto pode ser representado, diferentemente, como não violento, violento ou muito violento. A percepção e a prática de actos violentos são, assim, marcados quer, utilizando o vocabulário da Sociologia, pela posição de classe quer pela história social dos indivíduos. Só deste modo é possível explicar o surgimento, no contexto das grandes cidades, de subculturas de violência, portadoras de valores que transgridem o sistema normativo aceite pela comunidade.
URI: http://hdl.handle.net/10884/393
Appears in Collections:CTAD/GAT - Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1991_Violencia_Sociedade.pdf782.78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.