Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/1111
Title: Instrumentos de avaliação da intensidade do tónus muscular na pessoa após Acidente Vascular Cerebral
Authors: Teixeira, Pedro MR
Henriques, Ana Filipa A
Pereira, Ana Luísa GR
Teixeira, Carla Sofia RV
Margato, Dora Cristiana L
Sousa, Luís M M
Keywords: Tónos Muscular
Acidente Vascular Cerebral
Psicometria
Estudos de Validação
Stroke
Avaliação em Enfermagem
Validation Studies
Muscle Tonus
Nursing Assessment
Psychometrics
Issue Date: May-2017
Publisher: Sinais Vitais
Citation: Teixeira, P. M., Henriques, A. F. A., Pereira, A. L. G., Teixeira, C. S. R., Margato, D. C. L., & Sousa, L. M. (2017). Instrumentos de avaliação da intensidade do tónus muscular na pessoa após Acidente Vascular Cerebral. Revista Investigação enfermagem, II série (19), 9-21.
Abstract: Introdução: A espasticidade afeta cerca de dois terços das pessoas após acidente vascular cerebral, pelo que constitui uma importante área de atuação do enfermeiro de reabilitação. Objetivos: Identificar os instrumentos de avaliação da intensidade do tónus muscular na pessoa após acidente vascular cerebral. Métodos: Realizou-se-se uma Revisão Sistemática da Literatura e partiu-se da questão: Quais os instrumentos e testes que permitem avaliar a espasticidade na pessoa com acidente vascular cerebral? A pesquisa eletrónica na plataforma EBSCOHost® (CINAHL Complete e MEDLINE Complete) e Biblioteca Virtual de Saúde e foram incluídos artigos publicado entre janeiro de 2010 e dezembro de 2015. Resultados: Obtiveram-se um total de 12 artigos que cumpriram os critérios de inclusão definidos. Todos os artigos incluídos avaliam a o tónus muscular utilizando pelo menos um instrumento de avaliação. Foram encontrados onze instrumentos de avaliação do tónus muscular. Conclusões: Das escalas mais estudadas, a Triple Spasticity Scale é a escala mais adequada para a avaliação da espasticidade, com boa reprodutibilidade intra-observador e validade concorrente. No entanto serão necessários mais estudos de validação transcultural para a população portuguesa. Introduction: Spasticity affects about two thirds of people who have suffered a stroke, therefore it is an important intervention area for rehabilitation nursing. Objective: To identify instruments for assessing the intensity of muscle tone in the person after stroke. Methods: A Systematic Review of Literature was carried out and the question arose: What are the instruments and tests that allow the evaluation of the spasticity in the person post-stroke?, The electronic search was conducted using the EBSCOHost® platform (CINAHL Complete and MEDLINE Complete ) And Virtual Health Library and included articles published between January 2010 and December 2015. Results: A total of 12 articles were obtained that met the defined inclusion criteria. All included articles which assess muscle tone using at least one assessment instrument. Eleven instruments for the evaluation of muscle tone were found. Conclusions: From the most studied scales, the Triple Spasticity Scale is the most adequate scale for assessing spasticity, with good intraobserver reproducibility and concurrent validity. However, more cross-cultural validation studies will be needed for the Portuguese population.
URI: http://hdl.handle.net/10884/1111
ISSN: 2182-9764
Appears in Collections:CS/ENF - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Intrumentos de avaliação do tonus muscular 9-21.pdf5.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.