Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10884/1025
Title: A Eficácia do Método Mãe Canguru: Quando Utilizado Como Intervenção de Enfermagem em Lactentes Prematuros
Authors: Machado, Beatriz Limas
Rodrigues, Sérgio
Keywords: Método mãe canguru
Prematuro
Enfermagem neonatal
Eficácia
Issue Date: 2015
Citation: Machado, Beatriz Limas; Rodrigues, Sérgio (2015). A Eficácia do Método Mãe Canguru: Quando Utilizado Como Intervenção de Enfermagem em Lactentes Prematuros. Barcarena : Universidade Atlântica
Abstract: Introdução: o recém-nascido pré-termo encontra-se sujeito a diversas complicações devido a sua condição de nascido prematuro. Estas complicações são de natureza fisiológica ou metabólica e podem provocar sequelas para a vida. A prematuridade provoca problemas sociais para a família que é sujeita a um processo de desorganização enquanto dura o processo de convalescença do recém-nascido pré-termo. Por sua vez, a mãe é defrontada com emoções contraditórias que se originam devido ao sentimento de incapacidade que algumas mães vivenciam por não levar a gravidez até o seu termo normal. O Método Mãe Canguru é uma estratégia de humanização dos cuidados ao recém-nascido pré-termo, à mãe e família. Objetivo: pretendemos identificar e analisar as evidências que comprovam a eficácia do Método Mãe Canguru enquanto método de prestação de cuidados humanizados para o recém-nascido pré-termo. A metodologia utilizada é de Revisão Sistemática da Literatura e definimos um conjunto de critérios de pesquisas de artigos científicos com ênfase na vivência das mães, tendo sido selecionados seis artigos científicos sobre os quais a Revisão Sistemática foi realizada. Resultado: os artigos analisados na RSL apresentam evidências dos benefícios do Método Mãe Canguru: fisiológicos, emocionais / afetivas, auto-eficácia e financeiros. Nos benefícios fisiológicos destacam-se a melhoria do controlo térmico e da capacidade de mamar, redução de infeções, aumento de peso do bebé, melhoria da sucção, respiração e frequência alimentar, melhoria do relaxamento e descanso do bebé. No emocional / afetivo, reduz-se o tempo de separação e melhora-se o vínculo entre mãe e bebé, melhora a estimulação sensorial e o exercício da maternidade, proporciona alívio no sentimento de culpa e reduz níveis de tensão e stress da mãe, melhora o reconhecimento entre mãe e bebé. Na auto-eficácia, há melhoria na capacidade da mãe nos cuidados prestados ao recém-nascido pré-termo. Na parte financeira, há referência de que os custos podem reduzir-se a 1/3 do tratamento convencional. Conclusão: a RSL produziu evidências da eficácia do Método Mãe Canguru, no entanto há fatores que devem ser considerados para assegurar a eficácia: a formação técnica do enfermeiro, o respeito pela cultura da família e vivências da mãe e existência de infra-estrutura material e meios para a aplicação do Método Mãe Canguru.
URI: http://hdl.handle.net/10884/1025
Appears in Collections:CS/ENF - Trabalhos Finais de Licenciatura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia de final do curso Beatriz Machado.pdf803.25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.